Cinco dicas para criação de pautas e estratégias de marketing de conteúdo


Ver o que todos observam, mas com um olhar que ninguém vê. Esta é a dura tarefa de um produtor de conteúdo. Não é uma ação fácil utilizar a criatividade para encontrar temas relevantes e oportunidades de assuntos para a construção de uma boa história. Produzir diariamente pautas para matérias faz parte da minha rotina há mais de dez anos. A experiência me trouxe visões para enxergar saídas diferentes e, desta forma, fugir da mesmice em temas que todos abordam. Uma construção com ângulo ampliado da mesma história é o que um bom produtor deve seguir. Mas como?

Um case de sucesso de criação de conteúdo

Foi-me dada uma missão na TV Bandeirantes: encontrar histórias diferentes dentro do futebol para falar sobre psicologia esportiva. A saída simples a ser usada para produção seria com um tema parecido com este: como a psicologia pode auxiliar profissionais de clubes de futebol ou esportes olímpicos? Contudo, questiono: o que este tema teria de relevante diferente de inúmeras matérias já contadas anteriormente? Pouquíssima coisa ou nada. Não seria uma visão diferente.

A inquietude me deu um insight: falar como o futebol é utilizado em diferentes casos para auxiliar em tratamentos psicológicos. Comecei uma caça por histórias para serem compiladas em capítulos diferentes, como, por exemplo, a utilização do ‘futebol mudo’ em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos como forma de exercício de controle da irritabilidade dos pacientes. O resultado? Esta produção chegou à finais de premiações jornalísticas em diversas categorias, portanto, não apenas na categoria esportiva.

Dicas úteis para pautas com qualidade


A Mkteúdo traz dicas importantes para você encurtar caminhos e encontrar saídas inteligentes para a sua produção de conteúdo:

Estude


Pode parecer clichê, mas a atualização constante pode lhe favorecer na busca por uma saída diferente para a tratativa de um tema. Saber, por exemplo, sobre a queda da bolsa de valores de 1929 pode lhe auxiliar em uma construção de matéria com comparativo sobre a crise financeira do Brasil.

Ao longo do tempo vejo muitos profissionais que, apesar de saberem que é importante estudar, não buscam novas perspectivas. São poucos aqueles que estudam história e as atualidades. Estude sempre! Faça cursos, leia livros e participe de seminários.

Pesquise, pesquise e pesquise


Você teve uma ideia, mas não a executou porque não encontrou informações necessárias? Provavelmente não fez a lição de casa bem feita. Atualmente é quase impossível ter o diagnóstico da escassez de informação sobre um tema tão rapidamente. Portanto é necessário pesquisar profundamente. Não fique apenas na internet. Ligue. Consulte livros, amigos, professores, universidades...Não tenha preguiça!

Aumente o seu universo cultural


O ato de fazer conexões para o aumento da amplitude de um tema é uma das saídas mais inteligentes para a construção criativa de uma pauta. Existe um fantástico livro chamado ‘Como o Futebol Explica o Mundo - Um Olhar Inesperado Sobre a Globalização’ (Franklin Foer), que consegue unir o futebol a momentos históricos. Como foi feito isso? Com a busca por diferentes conhecimentos. O autor conseguiu colocar futebol em conexão com guerra, religião, política e outros pontos. Em um determinado caso, o autor do livro fala sobre a guerra da Iugoslávia onde torcedores organizados de um time do país compuseram o exército nacional em batalhas sangrentas. Portanto, crie o hábito de ler diariamente matérias de um determinado tema que fuja completamente de seu campo. Exemplo: você ama economia, então habitue-se a ler em um dia uma matéria sobre espetáculos teatrais, noutro sobre gastronomia, em outro sobre religiões...Um dia sua mente estará apta a fazer conexões pouco prováveis ao seu universo, como, por exemplo, a seguinte possibilidade de abordagem de um tema: como a economia de alimentos na gastronomia pode servir de exemplo para sua planilha financeira.

Saia da ‘casinha’


Busque o diferente. É possível contar a história que todos veem de uma forma diferente. Lembro-me de uma ocasião em que me marcou no começo da minha carreira nesta busca pelo conteúdo relevante e curioso. Era repórter de um jornal e estava pautado para cobrir um treino da seleção brasileira quando o treinador resolveu impedir a entrada da imprensa. Fiz então a matéria clichê: ‘Técnico cria mistério, faz treino secreto e esconde a escalação para a importante partida.’ Pronto. Tinha noticiado. Mas foi quando percebi que eu estava errado por ter feito o básico e praticamente com o mesmo mote que matérias de outros veículos. Poderia ter procurado um caminho diferente, mas tive medo de arriscar.

Um repórter de uma emissora de televisão experiente me deu uma aula. Ele fez a matéria com o mesmo tema, mas com um viés muito mais interessante. Ele contou o fato dando voz a um menino argentino que via o treino da seleção brasileira em cima de uma árvore. Deu a visão do que acontecia por um meio inusitado.

Portanto, conseguiu encontrar uma saída com o tema: ‘criança apaixonada pela seleção vê o que nenhum jornalista pôde acompanhar do Brasil antes da partida decisiva.’ Pronto. Ele tinha acabado de me dar uma aula com um conteúdo mais atraente e diferente de todos. A lição disto: crie, pense no inusitado, não tenha medo de arriscar e faça diferente.

Organize-se


Por fim, a última dica e umas das mais importantes: seja organizado. Você certamente conseguirá efetuar as dicas acima com mais eficiência caso tenha organização. Teve uma ideia? Anote. Viu algo diferente que pode lhe render um conteúdo? Anote.

Anote tudo e faça uma agenda. Saiba quais são as datas festivas relacionadas ao assunto que deseja produzir. Por exemplo: vai falar sobre psicologia, saiba qual o dia do psicólogo e o aniversário do Sigmund Freud (criador da psicanálise). Isto irá lhe ajudar a ter organizado ideias para a construção e periodização de conteúdos.

Contato

Copyright © 2019. Conheça nossa Política de privacidade.